Foto: Vinícius Thromann/ Divulgação

Da redação | Canoas deverá contar, até o ano que vem, com 10 Clínicas de Saúde da Família. A proposta das unidades é de reunir atenção básica e pronto-atendimento em um mesmo local. O primeiro bairro contemplado foi o Guajuviras. Por lá, a UBS Caic, que passa por reformas, também é transformada em uma clínica, e deverá ficar pronta até novembro.

No fim das contas, as clínicas inovadoras estarão espalhadas nos quatro quadrantes da cidade. O paciente terá acesso a consultas, exames, terapias e fazer tratamentos para doenças crônicas sem precisar andar muito ou buscar outros serviços.

Em comparação com as UBSs, o atendimento será estendido. Hoje, os postinhos fecham às 17h. Como Clínicas de Saúde da Família, os pontos ficarão abertos até as 22h. Serão cinco horas a mais, de segunda-feira a sexta-feira.

No meses seguintes, entram em funcionamento as Clínicas de Saúde da Família Estância Velha e São Vicente. Em 2020, serão inauguradas as clínicas Mathias Velho, Niterói, Rio Branco, Mato Grande, Santa Isabel e União.

Nas Clínicas de Saúde da Família, os canoenses terão consultas clínicas e odontológicas, curativos, atendimentos ambulatoriais, exames, grupos de educação em saúde, vacinação, testes rápidos, psicólogo, assistente social, nutricionista, distribuição de medicamentos e marcação de consultas. Os agendamentos serão diários, onde a equipe atenderá os canoenses que chegarem à Unidade de Saúde.

O prefeito de Canoas, Luiz Carlo Busato, destacou o modelo eficiente das novas clínicas. Segundo ele, os locais permitirão que o cidadão tenha acesso a diversos tipos de atendimento em um só lugar. “A Clínica de Saúde da Família é mais que uma UPA e mais que uma UBS. Não temos condições de colocar 20 ou 30 unidades básicas, com médicos e enfermeiros. Então o que fazemos é concentrar esses serviços em um espaço maior, onde a pessoa terá certeza do seu atendimento, e com um corpo clínico maior a disposição”.