Foto: Jaime Zanatta/ GBC

Da redação | A comoção foi enorme, neste sábado (31), com o velório e sepultamento de seis pessoas da mesma família, em Canoas. Elas se envolveram em um acidente de trânsito, na sexta-feira (30), na BR-386, em Soledade.

No velório, que aconteceu no Centro Social Urbano Mathias Velho, uma homenagem foi realizada à tarde, envolvendo cânticos e palavras de fé, celebradas pelo pastor Vilmar Dornelles e frei Vandro Zacchi.

Foto: Jaime Zanatta/ GBC

Leia também:
Homenagens marcam velório de família morta em acidente

Família morta em acidente de trânsito é sepultada

O pastor Vilmar conversou com a reportagem de Agência GBC, e relembrou de duas das vítimas, Lorenzo Geraldi, 6 anos, e Jaqueline Amaral Geraldi, 39. Ambos frequentavam a Igreja Assembleia de Deus. O religioso conhecia Jaqueline desde quando ela era criança.

Recentemente, ela era professora da escola bíblica e seu filho aluno. “Vamos sentir muito a falta dela. A Jaqueline se criou junto com minhas filhas. Foi quase como se uma das minhas filhas tivesse partido”, conta o pastor.

Foto: Jaime Zanatta/ GBC

No sepultamento, que ocorreu no Cemitério Santo Antônio, no fim da tarde, Franciele Farias, cunhada do motorista Everton da Silva Geraldi, 36 anos, uma das vítimas do acidente, lamentou a tragédia e relembrou que a família estava a caminho do Paraná.

“Foi horrível. Eles estavam indo para o casamento de um primo do motorista e voltariam no domingo. Não esperávamos receber essa notícia”, conta.

Presente no velório, o prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, decretou luto oficial de três dias pela morte da família. Uma das vítimas era aluna do município. Lorenzo estudava na Escola Municipal de Ensino Infantil (EMEI) Carmem Ferreira.