Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Canoas, coordenados pelo delegado Pablo Rocha, prenderam um homem de 58 anos. Ele tinha um mandado de prisão em aberto por armazenamento de conteúdo de pornografia infantil.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Segundo as investigações, o fato ocorreu em Canoas, no ano de 2013, ocasião em que foram encontrados diversos arquivos de pornografia infantil em um computador na casa do homem.

Após o fato, o homem fugiu de Canoas e passou a residir em Porto Alegre, local onde foi realizada a prisão nesta semana.

“A prisão reforça a prioridade dada pela delegacia à repressão dos delitos sexuais contra criança e adolescente, bem como incrementa a confiança na população de que a investigação qualificada levada a efeito pela Polícia Civil resulta em condenação e prisão efetiva dos autores de crime”, explica Rocha.

O diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza, explica que a operação Innocentia seguirá prendendo e combatendo crimes contra crianças e adolescentes”.

O indivíduo foi ao sistema prisional.