Foto: Djalma Corrêa Pacheco

Da redação | O prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal, assinou nesta quinta-feira (10) a ordem de início das obras de reforma da UBS Parque Claret. A reforma prevê a criação de uma sala de espera fechada no acesso à sala de vacinas, substituição de piso, instalação de nova cobertura, colocação de esquadrias, implantação de acessibilidade, além de mudanças nas instalações hidráulicas, elétricas e lógicas, abrangendo uma área de 485 m². O investimento é de R$ 264,4 mil.

Ao assinara reforma na Claret, o chefe do Executivo falou ainda dos investimentos na Saúde feito nos últimos anos e lembrou que a unidade é mais uma que passará por reformas estruturais, assim como foi feito nas UBS Jardim Planalto e também ocorrerá nas UBSs Novo Esteio, Pedreira e Esperança. “E estamos fazendo isso tudo com o mesmo dinheiro. A cidade não ganhou na Megasena nem passou a ter um recurso extraordinário. A gente passou um uso mais eficiente dos recursos públicos e ter pessoas certas nos lugares certos. Por isso que a gente consegue promover tantos avanços importantes”, afirmou.

A UBS Parque Claret é responsável por atender uma população de cerca de 12 mil habitantes com quase 10 mil atendimentos por mês, em média, feito por 33 profissionais lotados na unidade. Em junho, a Agência GBC mostrou o resultado de uma vistoria feita pelo Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), que encontrou rachaduras nas paredes, mofos e alagamentos. Em nota na ocasião, inclusive, a entidade havia revelado que nos dias de chuva a água escorria pelas lâmpadas, aumentando o risco de curtos-circuitos.

O Simers havia repercutido a interdição do local, feita pela própria equipe de enfermagem. “A situação é de total insalubridade na UBS, com problemas graves como infiltrações que impactam na rede elétrica que causam muito risco a profissionais e pacientes”, afirmou na ocasião a diretora regional metropolitana do Simers, Alessandra Felicetti.

Foto: Simers

Permanecerá aberta durante obras
A UBS Parque Claret não fechará para a execução dos trabalhos, que serão conduzidos pela empresa Harmonia Construções Ltda., vencedora da licitação. Entre as medidas previstas, a sala de imunizações será transferida para o outro lado da UBS e contará com um local protegido das variações do tempo para quem estiver aguardando para fazer alguma vacina. Isso atende a uma antiga demanda da comunidade, que atualmente tinha que esperar do lado de fora do posto de saúde.

Todas as divisórias existentes serão removidas, o que permitirá uma nova separação interna da unidade, abrindo espaço para a abertura de mais consultórios. A atual estrutura de cobertura e telhado também será demolida e reconstruída com madeiramento novo e telhas de fibrocimento. A substituição de todos os pisos cerâmicos, de vasos sanitários e de lavatórios também está prevista no projeto. As esquadrias metálicas, por sua vez, serão trocadas por outras de alumínio e portões e cercas externas serão consertadas.

Na parte elétrica, além da instalação de novos fios, todas as luminárias serão de LED. A instalação de piso tátil e de sinalização adequada a pessoas com deficiência, mais a adaptação de banheiros, garantirá a acessibilidade ao local. Ao final, será feita a pintura de toda a unidade.