Foto: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | Um dos criminosos preso pela Polícia Civil na última terça-feira (15) que integrava uma quadrilha de furto e roubo de estepes foi liberado. Segundo o delegado Rodrigo Caldas, titular da 3ª Delegacia de Polícia, ele foi enquadrado por receptação e, por isso, já está solto. Os outros dois seguem na cadeia.

Entenda o caso

Conforme a Polícia Civil, os agentes investigaram cerca de 30 dias um local que funcionava como mecânica de veículos, no bairro Marechal Rondon. Porém, o estabelecimento recebia diversos objetos furtados que eram colocados para venda. No momento do flagrante, dois dos presos descarregavam produtos que haviam sido furtados momentos antes em Porto Alegre.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

No local, foram apreendidos pneus e rodas estepes, além de malas que haviam sido furtadas de uma turista carioca que chegou hoje à capital gaúcha. Na oportunidade, também foi apreendido um veículo Fiat Uno que era usado para realizar os furtos, além de um Rádio sintonizado na frequência da Brigada Militar.

Leia mais:

Mais de 140 estepes são roubados por mês em Canoas

Os presos eram investigados pela Polícia Civil, um deles conta com 3 indiciamentos por porte de arma, 2 por tentativa de Homicídio e 24 indiciamentos por crimes patrimoniais. O delegado Rodrigo Caldas, que coordenou a ação, afirmou que “as investigações continuam.”

O diretor da 2ª Delegacia de Polícia Metropolitana – 2 DPRM, delegado Mario Souza destacou que “chama atenção dos policiais civis um dos presos com 24 indiciamentos por crimes patrimoniais.” E que o “combate ao roubo e furto de veículos é prioridade em Canoas.”