Foto: reprodução

Da redação | Agentes da 1ª Delegacia de Polícia investigam o caso de roubo de carro com sequestro de criança que mobilizou São Leopoldo, no Vale do Sinos, no último domingo (20).

O Instituto-Geral de Perícias (IGP) está realizando o retrato falado do suspeito, com base no depoimento da mãe da criança à Polícia Civil. Imagens de câmeras de monitoramento e uma perícia no carro também fazem parte da investigação.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Por volta do meio-dia, o Fiat Uno Mille Fire, de cor branca, foi levado na esquina das ruas Bento Gonçalves e João Neves da Fontoura. A mãe da criança, Vivane Oliveira, havia descido do veículo para abrir o portão de uma escola onde trabalha, quando foi surpreendida pelo assaltante.

Houve resistência, mas a mãe não conseguiu evitar que o ladrão saísse com o carro. Uma menina de um ano e cinco meses, filha de Viviane, estava no interior do Uno. Por cerca de duas horas, a criaça ficou com o criminoso, que abandonou carro próximo ao 25º BPM, na rua Marquês do Herval. A menina não se feriu.

Por fim, o ladrão deixou o carro, mas subtraiu celular e documentos da vítima. Os investigadores acreditam que o autor do roubo com sequestro teria abandonado o Uno ao se dar conta de que havia uma criança no banco traseiro, na cadeirinha.