Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Da redação | Um motorista de aplicativo morreu na madrugada desta sexta-feira (15). Mário Jorge Silveira da Silva de 48 anos foi baleado durante um assalto em Manaus.

Conforme a Polícia Militar (PM) o crime foi na quarta-feira (13). Um acusado já foi preso.

Mário aceitou uma corrida e quando chegou ao local, dois homens anunciaram o assalto, levaram o celular da vítima e atiraram. Policiais militares que trafegavam pela área viram o carro em atitude suspeita e realizaram uma abordagem. Os suspeitos fugiram em direção à invasão e jogaram uma arma pelo caminho.

A vítima foi socorrida para a unidade hospitalar. Em seguida, os policiais realizaram buscas dentro da invasão e encontraram um dos suspeitos. Ele foi preso, em flagrante, por tentativa de latrocínio. Segundo informações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o suspeito do crime passou por audiência de custódia e foi encaminhado para uma unidade prisional da capital. No entanto, com a morte da vítima, agora, o homem deve responder por latrocínio – roubo seguido de morte.

Familiares relataram que Silva estava trabalhando pela primeira como motorista de aplicativo. “Foi a primeira e última vez”, contou a esposa da vítima, que preferiu não se identificar.