Da redação | O padrasto e a mãe de uma criança de três anos morta foram presos na noite da última terça-feira (19), em Porto Alegre. O menino, chamado Luis Henrique Paim Martins de Paula, foi levado sem vida para o Hospital Cristo Redentor horas antes.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Ambos foram indiciados por homicídio qualificado. O padrasto, Pablo Vilarinho do Nascimento de 23 anos, foi autuado em flagrante. A mãe não teve o nome divulgado. “A agressão teria sido provocada por ele. Sabemos que foi usado facão e que a criança também levou chutes e pontapés. Ela estava com bastante hematoma e as agressões teriam provocado a morte”, comentou o delegado Carlo Butareli.

Segundo a Brigada Militar (BM), a acusada entrou em um estabelecimento comercial pedindo socorro com a criança desacordada no colo. Uma guarnição e o Samu foram acionados e levaram a mulher até o hospital, onde o óbito foi constatado.

Para os policiais, a mulher disse que o padrasto estaria abusando e agredindo a criança há dias. Ela também foi detida, uma vez que vivia com o homem. “Estamos apurando a participação dela no crime”, finalizou o delegado.