Foto: Prefeitura de São Leopoldo/ Divulgação

O cão que foi abandonado duas vezes no mesmo dia, em São Leopoldo, no Vale do Sinos, já recebeu dezenas de pedidos de adoção, enviados à Secretaria Municipal de Proteção Animal (Sempa).

Leia mais:
Antigos tutores responderão por maus-tratos e abandono

Muitas pessoas se comoveram nas redes sociais com a história do animal nas redes sociais. A informação foi divulgada pela Prefeitura nesta segunda-feira (06).

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Uma série de entrevistas com os candidatos será realizada até sexta-feira (10). Os interessados em adotar Tintim, como o cão é chamado, são submetidos a um questionário.

“Não temos pressa. Ele está muito bem sob nossos cuidados e só será liberado quando nos certificarmos de uma adoção responsável”, destaca o titular da Sempa, Anderson Ribeiro.

Outro cuidado tem relação com as necessidades da futura residência do animal. Tintim, que está abrigado no Canil Municipal, tem deficiência nas duas patas dianteiras.

Por conta da limitação, o animal arrasta muito o pescoço no chão. “A casa adotante deve ter, por exemplo, um piso frio, sem britas ou ranhuras para não machucar o pescoço do cão”, explica Ribeiro.

O secretário espera que a comoção gerada por Tintim sensibilize as pessoas para a adoção. “O canil conta com 30 animais amputados, outros 20 com paralisia e dez cegos”, finaliza.