Foto: reprodução

As vítimas fatais de um ataque a tiros, em Canoas, foram identificadas como Denner Maicá e João Carlos Scoss Neto. As identidades foram informadas por familiares e apuradas por Agência GBC. O crime ocorreu no fim da madrugada deste domingo (16), na rua F, entre a João Goularte e Juscelino Kubitschek Oliveira, no bairro São Luís. Uma terceira pessoa ficou ferida no tiroteio.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Segundo o comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar (15º BPM), tenente-coronel Jorge Dirceu Abreu Silva Filho, indivíduos em dois carros, que seriam um Peugeot preto e um Onix branco, teriam efetuado os disparos. “A Inteligência do 15°BPM juntamente com a DHPP de Canoas estão buscando mais dados sobre o caso”, explica o comandante.

Denner morreu com um disparo na cabeça. Ele chegou a ser encaminhado ao Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC), porém não resistiu aos ferimentos. João Carlos, 23 anos, baleado no peito, morreu no local. O ferido foi atingido no braço esquerdo e foi atendido pelo Samu.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) apura um desentendimento ocorrido em uma festa que era realizada no local, que fica nas proximidades da antiga fábrica da Perdigão. A área, pertencente a uma zona industrial, é conhecida como um ponto de promoção de rachas.

De acordo com o 15º BPM, as vítimas fatais tinham histórico criminal. O ferido não possuía antecedentes.