Divulgação

O prefeito de Cachoerinha, Miki Breier, anunciou que cortará 30% do próprio salário. Já os vencimentos do vice, Maurício Medeiros, serão reduzidos em 20%.

A medida começa a vigorar em maio e integra a política de controle de despesas para o enfrentamento ao coronavírus.

Segundo a Prefeitura, os valores economizados serão revertidos em ações de combate à pandemia no município.

A redução estava prevista para janeiro de 2021. Entretanto, por meio de decreto, o chefe do Executivo decidiu antecipar o corte.

“A situação exige um esforço adicional de todos. Por isso, resolvi colocar em vigor essa medida que passaria a valer no próximo ano. Vamos aplicar esses recursos para combater esse vírus que tanto nos preocupa”, destacou Miki.

Entenda

Miki Breier havia sancionado, no ano passado, as leis nº 4.507 e 4.508, de 30 de maio de 2019. As normas previam a redução dos salários do prefeito, do vice-prefeito e dos vereadores para a próxima legislatura.

A antecipação da medida para o Executivo será feita por meio de Decreto Executivo em razão do estado de calamidade pública vigente no município.