Foto:: Pixabay

O aluguel costuma ser a conta mais pesada no orçamento de quase toda família. Sendo assim, dependendo da região da cidade visada por você, do tamanho do imóvel, dentre outras idiossincrasias, o valor do aluguel pode ser bem caro. Como a economia não está indo bem e as pessoas estão vivendo apertado, para quem está pesquisando casas para alugar em Porto Alegre e não consegue achar algo que realmente cabe no seu bolso, nós preparamos esse artigo para te ajudar. É preciso paciência e muita determinação durante o processo todo.

Normalmente, em situações pontuais, conseguir um desconto polpudo do proprietário é plenamente possível. Portanto, não desista antes de tentar. Para as pessoas orgulhosas pode ser difícil engolir o orgulho e abrir para uma pessoa desconhecida a sua situação financeira atual, mas a verdade é que o dono do imóvel já deve estar acostumado com isso. Mesmo que você consiga um desconto pequeno, ainda sim tenho certeza que fará uma grande diferença no final do mês. A economia brasileira vem passando por momentos difíceis, necessitar de “ajuda” não é nenhuma vergonha.

Uma boa notícia para quem está procurando por apartamentos para alugar em Porto Alegre, é que a oferta dos imóveis disparou nos últimos anos, o que facilita a sua busca, já que você terá muitas opções tanto em preço quanto em estrutura e qualidade dos imóveis. Nesse momento em que as vendas de imóveis vêm caindo nos últimos anos por conta da crise, alugar um apartamento pode ser a saída para você que quer mudar de endereço.

Converse na imobiliária

Para quem está pensando em morar na capital do Rio Grande do Sul, ir em algumas imobiliárias em Porto Alegre pode ser uma ótima opção. Elas já terão uma lista dos apartamentos e casas disponíveis, o que agilizará ainda mais o processo. Conversar com o corretor e explicar a sua situação financeira logo no primeiro contato pode ser uma boa. Ele com certeza deve conhecer muita gente, os donos dos imóveis, inclusive. Assim, ele pode falar e escolher aqueles que podem aceitar dar um desconto mais fácil ou não. Economizar tempo é uma boa coisa já no começo do processo, já que ele pode ser bem complicado e cheio de percalços.

Fale das vantagens que o dono terá com você como inquilino

Nada pior do que não se dar bem com uma pessoa que você é obrigado a encontrar vez ou outra, não é? Pois é, entre o locatário e o locador vale essa mesma premissa. Os dois precisam estar em contato constante por causa do vínculo do imóvel, mas se a relação não for boa, com certeza pode surgir consequências desagradáveis para ambos os lados. O dono vai ficar sempre apreensivo com o estado do seu imóvel, enquanto o inquilino pode não conseguir convencer o proprietário a respeito de coisas simples. Essa situação não é legal para ninguém.

Então, mostre para o dono as suas qualidades como inquilino. Pois, se você mostrar que é alguém solícito, cuidadoso, que vai manter a casa em perfeitas condições e que ainda por cima é fácil de conviver, a possibilidade de você conseguir uma redução no valor do aluguel vai se elevar profundamente. A empatia é essencial numa hora dessa, então faça o máximo para passar a imagem de uma pessoa agradável.

Seja honesto e sincero

Muitas vezes as pessoas querem elucubrar histórias mirabolantes para convencer quem quer que seja sobre algo, e isso normalmente acaba dando errado. As pessoas acabam percebendo e qualquer empatia que elas pudessem ter para com você, provavelmente se esvaem. Se o proprietário já for alguém mais experiente, certamente já ouviu o mesmo tipo de conversa e ele não seria enganado tão facilmente. Se ele percebesse, você não conseguiria o desconto, provavelmente.

Portanto, seja sincero e honesto com ele. Fale sobre a sua realidade financeira, mostre que não tem como pagar um aluguel naquele valor. No entanto, é importante frisar a importância de não se vitimizar, as pessoas não costumam gostar disso, porque afinal elas estão lá para fazer o melhor negócio para elas. Mas, se você convencer ele de que seria uma vantagem tê-lo como inquilino e ser sincero sobre não poder pagar o valor pedido, suas chances seriam bem maiores.

Observe o imóvel e o seu estado

O imóvel se desvaloriza à medida em que ele apresenta alguma espécie de deterioração, e você pode usar isso para conseguir algum desconto no aluguel em Porto Alegre. Argumente com o dono do imóvel mostrando para ele os problemas, fale sobre o mercado, convença-o de que não conseguirá alugar o imóvel pelo preço pedido. Ter boa lábia e capacidade de convencimento é importante nessas horas, mas se você não for desse jeito, ficar tranquilo e tentar passar confiança é a melhor tática.

Para isso acontecer, faça uma vistoria detalhada e contrate algum perito na área se possível. Caso os problemas forem muitos e o profissional achar que a casa lhe daria muitos problemas, talvez fosse melhor desistir e procurar outro imóvel. Mas, se não for grave tudo o que for encontrado no apartamento, você pode usar isso para pedir um desconto ao dono do lugar.

Seja flexível

Pode acontecer do dono não aceitar o seu pedido de desconto por achá-lo demais. Nesse caso, é preciso ser flexível e demonstrar isso para o proprietário. Veja se ele considera um desconto menor e tente convencê-lo de que estará fazendo um bom negócio aceitando. Ele pode reconsiderar valores, por isso você não deve desistir logo na primeira dificuldade. Se mesmo assim ele não quiser dar nenhum desconto, você pelo menos adquiriu experiência com todo esse processo, o que lhe dará segurança para negociar novamente com outra pessoa.

Para você que curtiu as nossas dicas sobre como reduzir o valor do aluguel de um imóvel na capital gaúcha, fica o convite para voltar ao nosso site e ler mais alguns dos nossos artigos. Você não se arrependerá!