Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Durante transmissão ao vivo pelas redes sociais nesta segunda-feira (11), o governador Eduardo Leite falou sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras nas ruas e em ambientes fechados em todo o Rio Grande do Sul. A exigência é uma das medidas mais conhecidas do modelo de distanciamento social controlado, que entrou em vigor nessa segunda.

Conforme Leite, o uso de máscara pelos gaúchos é uma norma sanitária, e seu descumprimento configura crime, conforme o código penal, por colocar a saúde coletiva em risco. Os profissionais de segurança pública estão cientes de, num primeiro momento, orientar o cidadão que for flagrado sem o equipamento de proteção individual.

Leia também >> Homem é detido após se recusar a usar máscara e desacatar PMs

Porém, em caso de resistência, sanções penais devem ser aplicadas. “Não queremos sair prendendo as pessoas. Temos confiança no cumprimento voluntário e consciente”, disse Leite. A medida é uma forma de evitar a propagação do coronavírus, que já matou 100 pessoas no Estado.