Usuária de crack, mulher com coronavírus que fugiu da internação retorna ao hospital | Agência GBC
21.2 C
Canoas
29 de novembro de 2022

Usuária de crack, mulher com coronavírus que fugiu da internação retorna ao hospital

Mesmo assim, a polícia continuará com o inquérito

A mulher diagnosticada com coronavírus que fugiu do Hospital Conceição, em Porto Alegre, retornou à casa de saúde na madrugada desta segunda-feira (25). Ela havia deixado a instituição no último sábado (23) “sem consentimento médico e sem conhecimento da equipe de enfermagem”, segundo nota do Grupo Hospitalar Conceição.

Conforme o delegado Leandro Cantarelli, titular da 14ª Delegacia de Polícia da Capital, o inquérito será mantido apesar da paciente ter voltado ao hospital. A investigação deve apurar se a paciente teve contato com outras pessoas durante o tempo em que ficou fora da casa de saúde.

A fujona, moradora de Porto Alegre, também foi diagnosticada com quadro de tuberculose. Ela tem 36 anos e é usuária de crack. A mulher deve responder por infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

A Vigilância em Saúde e o Ministério Público acompanham o caso.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!