Foto: Jaime Zanatta/GBC

A Vicasa confirmou, no inicio da tarde desta quarta-feira (10), a demissão de 200 funcionários. A informação das dispensas foi apurada e antecipada pela reportagem de Agência GBC.

Conforme a empresa, a justificativa é a redução de receita que chegou, no inicio da pandemia, a 90%. Atualmente, ela está em 76%.

Além disso, a Vicasa também ressaltou a anuência da Metroplan em fazer o corte de funcionários. Agora, a empresa diz que está em tratativas com o sindicato que representa a categoria, já que a entidade está recorrendo da decisão na justiça.

Entenda o caso

Mais cedo, a Agência GBC havia apurado que mais de 200 funcionários da empresa podem perder o emprego. O número, conforme apurado pela reportagem, pode chegar a 250.

Segundo funcionários da empresa, a Metroplan – órgão que regulamenta o transporte coletivo entre cidades da Região Metropolitana –, estaria autorizando as empresas a fazerem demissões. “Somos contra as demissões e não acordamos nada. Agora, depende da justiça e do governo. Em meio a uma pandemia, ainda temos isso”, comentou Alex Pereira, diretor de política e formação sindical do Sindicato Metropolitano dos Rodoviários.

Atualmente, a empresa opera as linhas entre Canoas e Porto Alegre, além de linhas que integram os bairros ao Trensurb. São 400 funcionários contratados, sendo que 80 estão afastados preventivamente por integrarem grupo de risco do coronavírus.

A reportagem tenta contato com a Metroplan, mas ainda não obteve retorno.