Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Após a morte de Porca Véia, o tradicionalismo gaúcho perde mais um integrante. O cantor e compositor Jorge Antônio Rodrigues Freitas, de 59 anos, morreu na manhã deste sábado (13), segundo informações da Prefeitura de Cruz Alta. Além de músico, ele era servidor da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo da cidade.

Freitas estava internado no Hospital São Vicente de Paulo, desde o dia 5 de junho, em decorrência da Covid-19.

O artista nasceu em Santo Ângelo, mas foi em Cruz Alta que começou a carreira. Ícone da música nativista do Rio Grande do Sul, ele deixa um legado de mais de 500 composições.