Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

O Departamento Médico Legal (DML) confirmou que o corpo encontrado no Rio Guaíba, em Porto Alegre, no último domingo (28) é de Richard Adriano Silveira de 24 anos. Ele é acusado de matar a ex-companheira a facadas em um posto de gasolina de Guaíba.

De acordo com a Brigada Militar, o crime aconteceu em um estabelecimento localizado na Rua Castello Branco. A vítima foi atingida no tórax e morreu no local. Para os policiais, testemunhas afirmaram que, logo após agredir a mulher, o homem feriu a si mesmo com a faca. Na sequência, fugiu do local em uma moto.

O caso, segundo a Polícia Civil, é tratado como feminicídio seguido de suicídio.