Foto: Palácio Piratini/Reprodução

Na manhã desta quinta-feira (2), o governador Eduardo Leite, fez um novo pronunciamento sobre a situação da pandemia do coronavírus. O vídeo foi publicado nas redes sociais.

Segundo Leite, “estamos entrando no período mais duro de combate ao coronavírus”. O governador justificou a afirmação com a presença do frio e a sobrecarga que a condição climática provoca no sistema de saúde.  “Os próximos 15 dias vão ser cruciais. O apelo não é só meu, mas é de todos que pensam e que agem com racionalidade. Nos próximos 15 dias fique em casa, lave as mãos, use máscara e respeite os protocolos. “

Além disso, o governador também lamentou a perda de mais de 600 vidas para a Covid-19 e disse que cada morte é uma derrota coletiva. Ele destacou que o Estado escolheu um caminho ponderado e confiável ao falar da elaboração do modelo de Distanciamento Controlado. “O sistema ganhou notoriedade nacional e internacional por colocar medidas na dose certa, no momento certo e nos locais certos. Apesar desse trabalho, julho chegou com a pior das notícias. Estamos com sinal de alerta ligado pelo ritmo de ocupação das nossa UTIs. Confiamos no nosso modelo de Distanciamento Controlado, mas ele só funciona a partir do comportamento das pessoas”, alertou.

Leite também trouxe dados atualizados do sistema de saúde e das ações do Palácio Piratini sobre ele. Conforme o governador, desde o inicio da pandemia o número de UTIs adulto teve um acréscimo de 75% indo de 933 para 1630 leitos. “Até o final de julho, vamos liberar mais 300 leitos, chegando a ampliação de 104%. Isso é mais que dobrar os nossos leitos de UTI”, ressaltou.