Foto: Polícia Civil/Divulgação

Diego de Freitas de Souza de 23 anos foi preso preventivamente na manhã deste sábado (1°) em Itapema, no Litoral de Santa Catarina, em uma ação conjunta entre a Polícia Civil e a Brigada Militar. Um fuzil calibre 556 foi apreendido na residência.

Conforme apurado pela investigação, ele é apontado por homicídios e tráfico de drogas. Além disso, assumiu há menos de um ano parte da liderança de facção que tem base no Vale do Sinos. Ele é líder do grupo criminoso “Os Manos”  após  o irmão dele, Marizan de Freitas, 32 anos, ter sido um dos 18 transferidos em março deste ano para presídios federais .

Segundo o delegado Cassiano Cabral, do departamento de homicídios de Porto Alegre, Dieguinho – como é conhecido dentro da facção – estava acompanhado de uma mulher na residência que tem vários quartos e piscina, localizada em área nobre do município do litoral catarinense. Contra Diego, havia um mandado de prisão devido a um homicídio ocorrido neste ano em São Jerônimo. Mas ele também está investigado por assassinatos em Araricá, Santo Antônio da Patrulha, entre outros homicídios recentes. As motivações seriam desavenças dentro da facção e disputa por pontos de drogas com outros grupos criminosos.

Além do fuzil, foram apreendidos um revólver, munição, drogas, celulares e dois veículos.

A reportagem de Agência GBC tenta contato com a defesa de Diego, mas ainda não obteve retorno.