Foto: Susepe/Divulgação

O Complexo Penitenciário de Canoas atingiu a marca de 5 mil televisitas, realizadas entre os presos e suas famílias. O recurso começou a ser usado no mês de abril, pois as visitas presenciais foram suspensas. São seis salas equipadas, que estão sendo utilizadas tanto para áudio e vídeochamadas, quanto para audiências.

De acordo com a Susepe, o contato entre os presos e suas famílias é organizado pelo Centro de Tratamento Penal do CPC. Técnicos Superiores Penitenciários criaram planilhas e através do sistema Ifopen, foram regulados os encontros. O comprometimento de todos os servidores penitenciários foi essencial para que o projeto funcionasse.

Devido à Pandemia do Coronavírus, essa foi a forma lícita que a Susepe encontrou para que os detentos pudessem interagir com seus familiares.