Foto: Felipe Dalla Valle/ Palácio Piratini

O governador Eduardo Leite anunciou que lojas, restaurantes e bares terão limite de horário para permanecerem abertos. Até o final da primeira quinzena de dezembro, o comércio pode trabalhar todos os dias, mas somente até às 20h. Já bares e restaurantes devem fechar as portas às 22h e os serviços de tele-entrega (delivery) e pague e leve (take-away) poderão atender somente até às 23h.

Essas medidas valem para as cidades que estão em bandeira vermelha. “Enquanto víamos a redução dos casos (de infectados pelo novo coronavírus), era possível que cada cidade (administrasse de acordo com a realidade local), mas agora entendemos que é preciso ter uma unidade e adotar os mesmos protocolos para todas as regiões em bandeira vermelha”, justificou Leite.

Mais medidas

Também devem ser fechadas as áreas de uso comum em prédios e clubes, a exemplo de academias, salões de festas, piscinas, quadras esportivas e outras do gênero. Academias seguem com autorização para funcionar, desde que mantendo distanciamento e seguindo os protocolos de segurança.

O conjunto das ações busca frear o ritmo de crescimento de novos casos de contaminação por Covid-19 e a pressão por internações em leitos de UTIs. “As restrições são válidas por pelo menos duas semanas, para ajudar a quebrar o ciclo de contágio”, destacou Leite, emendando que a ideia é diminuir as restrições no período de Natal.

Teatros, cinemas e casas de shows estão proibidos de funcionarem. Em casos de eventos em locais abertos, como o espetáculo natalino previsto para a cidade de Gramado, onde há controle de público, a restrição fica por conta do comportamento do público.