Foto: Unisinos/Divulgação

Foi identificado o homem que morreu após ser atropelado por motorista embriagado na noite do último sábado (19), na ERS-124, em Pesqueiro, Montenegro. O homem se chamava Héctor Gabriel Nóblega, 59 anos.

Héctor era professor Doutor de biologia e outros cursos voltados à área de saúde da Unisinos. Ele era argentino, mas morava em Porto Alegre devido o trabalho como professor universitário.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, os três veículos estavam indo em direção à Triunfo, quando próximo ao acesso à Penitenciária, o motorista do Polo atingiu a moto de Héctor, que trafegava na frente. A colisão fez Héctor cair na estrada e o motorista do carro arrastou a moto por 90 metros até sair da rodovia, onde colidiu em uma árvore e os veículos incendiarem.

A moto que atropelou Héctor vinha atrás do Polo. A caroneira da segunda moto foi levada ao hospital para tratar seus ferimentos, ela não corre o risco de morte. Já o motorista do Polo estava sozinho no veículo e não se machucou. Ele foi submetido ao bafômetro, que detectou 0,51 mg de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. O motorista foi preso em flagrante e sem fiança, pelo crime de embriaguez ao volante.