Foto: Jaime Zanatta/GBC

A reportagem de Agência GBC circulou durante a manhã desta terça-feira (2) pelo Centro de Canoas. O movimento, mesmo com a bandeira preta, segue intenso.

O comércio não essencial está fechado. Algumas lojas estão apenas atendendo na porta para a entrega de pedidos e disponibilizando meios digitais para que os clientes possam comprar os produtos. Farmácias, clínicas médicas, estabelecimentos que vendam alimentos e agências bancárias, seguem funcionando.

Mesmo com grande parte do Centro fechada, muitas pessoas estão na parada esperando o ônibus. “Tô aqui esperando o Mathias há 40 minutos. Quando vier vai lotar”, relatou a aposentada Ana da Silva.

Clicando aqui, você confere as regras da bandeira preta.