Foto: Prefeitura de Sapucaia do Sul/Divulgação

A prefeitura de Sapucaia do Sul anunciou que na última segunda-feira (1º), o Hospital Municipal Getúlio Vargas (HMGV), gerido pela Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV), recebeu mais 10 camas hospitalares e respiradores para serem utilizados na montagem de novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) covid-19. O leito completo depende, ainda, de mais dez monitores que serão comprados pela Prefeitura de Sapucaia do Sul em conjunto com a FHGV.

De acordo com a prefeitura, no início da pandemia, o hospital disponibilizava de nove leitos de UTI covid-19. Na última sexta-feira (26), entraram em funcionamento mais dez unidades dessa modalidade e, assim que estiverem prontos para uso, o HMGV alcançará a capacidade de 29 leitos de UTI covid-19.

“A prefeitura e a direção da FHGV têm se empenhado para que sejam disponibilizados esses leitos. É preciso agradecer a secretária da Saúde Arita Bergmann que tem sido compreensiva com o nosso município. A nossa preocupação não é simplesmente ter leito e, sim, prevenir para que o nosso cidadão tenha onde ficar se precisar do hospital. Estamos montando equipes com qualidade, o que é uma preocupação da prefeitura e da Fundação”, afirmou o prefeito Volmir Rodrigues.

Além disso, Rodrigues observou que os equipamentos e as camas que o Governo do Estado disponibilizou à FGHV são de primeira linha. “O empenho e a dedicação de todos profissionais da Fundação faz toda a diferença. Agradeço também em nome da nossa vice-prefeita Imília de Souza e da nossa secretária Daniela Heuser”, enfatizou.