Foto: Alisson Moura/ECom PMC/Divulgação

A Prefeitura de Canoas anunciou que começaram a funcionar, na noite da última segunda-feira (1º), os prontos atendimentos que receberão exclusivamente os casos clínicos e pediátricos que não tenham relação com o coronavírus. As estruturas provisórias foram montadas pela Secretaria Municipal da Saúde junto às UPAs Rio Branco e Boqueirão, que passam a atender, a partir de agora, somente casos suspeitos de síndrome respiratória e Covid-19.

A montagem das estruturas externas ocorreu no final de semana e contou com o apoio das Forças Armadas. A ação emergencial e excepcional foi necessária para aumentar a capacidade dos consultórios médicos dentro das UPAs e ampliar o atendimento médico para os casos de pacientes com coronavírus. “Com o objetivo de aliviar o volume de atendimento nas nossas unidades de saúde, instalamos essas estruturas auxiliares para atender os pacientes não Covid e oferecer uma assistência apropriada aos sintomáticos mais leves e de baixa complexidade exclusivamente nas UPAs, além de garantir suporte respiratório adequado”, destaca o prefeito Jairo Jorge.

Segundo a prefeitura, os prontos atendimentos funcionarão até que ocorra a reabertura da UPA Caçapava, no bairro Mathias Velho. A unidade, que passa por uma reestruturação, irá concentrar os atendimentos clínicos e pediátricos não relacionados à Covid-19. A previsão é de que a inauguração ocorra em 30 dias.