Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

O governador Eduardo Leite vai liberar R$ 4,4 milhões para que os municípios invistam em fiscalização. O objetivo é contratar equipes locais para garantir que todas as regras previstas nos decretos sejam cumpridas. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (5), durante reunião a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) e prefeitos representantes das 27 associações regionais.

Leite reforçou a necessidade uma fiscalização mais efetiva como compensação à retomada de níveis maiores da atividade econômica. “Uma coisa é fiscalizar porta fechada. Outra é ter de entrar no estabelecimento e ver se tem distanciamento, se o público máximo está sendo respeitado ou não, se todos estão usando máscara corretamente.”

As prefeituras terão até quinta-feira (8) pela manhã para apresentar ao governo a forma como planejam efetivar a fiscalização. Junto, deverão incluir o volume de recursos que desejam acessar e como a verba será aplicada. Na quinta-feira à tarde, os planos serão analisados pelo gabinete de crise do Estado.