Foto: divulgação/Prefeitura de Canoas

Completando 82 anos no dia 27 de junho, Canoas deve se tornar oficialmente a Cidade do Avião. Pelo menos é isso que pretende a Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.

Leia mais notícias de CANOAS

O prefeito Jairo Jorge (PSD) acompanhou na manhã desta a reunião virtual da comissão, junto do secretário municipal de Cultura, Pinheiro Neto, em que oito deputados aprovaram parecer favorável ao Projeto de Lei (PL) nº 35/2021, de autoria do tenente-coronel Zucco (PSL).

O projeto reconhece Canoas como a Cidade do Avião. A reunião virtual, realizada nesta manhã de terça-feira (8), foi acompanhada pelo prefeito de Canoas, Jairo Jorge, e pelo secretário municipal de Cultura, Pinheiro Neto.

Na próxima terça-feira (15), o PL deve ser votado e segue para sanção do governador Eduardo Leite (PSDB). “Estamos muito honrados por esse apoio e essa votação. Os senhores estão dando um grande presente para a cidade de Canoas no mês de aniversário da cidade”, destacou o prefeito.

Ele lembrou, ainda, da forte relação da cidade com o avião desde sua origem. Já que o campo de aviação foi construído em 1937 em Canoas, quando a cidade ainda pertencia ao município de Gravataí. Fato que foi fundamental para a emancipação de Canoas em 1939.

Atualmente, o município conta com a Base Aérea de Canoas (BACO), Comando Aéreo Sul (V COMAR) e quatro aviões expostos na cidade. O prefeito salientou também a importância do projeto Aviãoteca, que está em andamento pela atual gestão municipal.

Trata-se de um complexo cultural que prevê a instalação de uma biblioteca no interior de uma aeronave de grande porte. “Consiste num projeto inédito de estímulo à leitura, conectando ao imaginário do avião”, observa Jairo.