CANOAS: ‘Sapão’ foi morto a tiros após latir demais | Agência GBC
21.2 C
Canoas
29 de novembro de 2022

CANOAS: ‘Sapão’ foi morto a tiros após latir demais

O criminoso contou aos policiais que matou o cachorro da vizinha porque ele latiu demais

A Polícia Civil confirmou nesta terça-feira (29) a prisão do criminoso que matou o cãozinho ‘Sapão’ no bairro Mato Grande, em Canoas. Ele foi pego em flagrante por posse irregular de arma de fogo e maus tratos a animais.

Receba mais notícias de Canoas no WhatsApp

Segundo a delegada Tatiana Bastos, responsável pelo caso, o homem confessou que matou o cão porque ele latia demais. “Ele não demonstrou nenhum arrependimento pelo crime”, conta.

Na casa do preso, os policiais encontraram uma espingarda calibre .16 – arma utilizada no crime –, além de uma carabina de prisão. O mandado de Busca e Apreensão foi autorizado pela 2ª Vara Criminal de Canoas.

Sansão, após ser alvo dos disparos, chegou a ser socorrido. Porém, ele não resistiu aos ferimentos e morreu depois de ficar dias internado em uma clínica veterinária.

A prisão faz parte da Operação Arca – ação permanente para combater crimes contra os animais. “Ela é fundamental para inibir a ação de quem comete crimes contra animais”, ressalta o delegado regional Mario Souza, diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM).

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!