Foto: Brigada Militar

Uma mulher de 53 anos viveu uma noite de terror na madrugada deste domingo (12). Ela foi violentada por mais de quatro horas por um homem em Nova Santa Rita. Quando conseguiu fugir, pediu socorro a vizinhos. Eles entraram na casa e lincharam o acusado

Conforme o relato para a polícia, o homem, de 45 anos, foi até a casa da vítima com um simulacro de revólver calibre 38 por volta das 2h30 horas da madrugada. Ele ameaçou matar ela e estuprar o seu filho, que estava dormindo no quarto, caso não fosse em silêncio para a casa dele. Sua neta, de apenas 7 anos, estava dormindo na sala. 

Receba as notícias de NOVA SANTA RITA pelo WhatsApp

Eles foram para a casa dele, onde ela ficou em posse do agressor até conseguir sair, por volta das 6h30 da manhã. Assim que conseguiu fugir, pediu socorro para vizinhos. Eles entraram na casa e espancaram o homem, inclusive com golpes de faca. Ele foi resgatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levado para o Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC) em estado gravíssimo.

A mulher foi levada para o Hospital Universitário (HU) para receber atendimento médico. Conforme o relato de vizinhos que conversaram com a reportagem de Agência GBC, a mulher relatou que foram 4 horas de terror e segue muito abalada física e emocionalmente. 

Na casa do acusado, a Brigada Militar encontrou 300 g de cocaína, porções de maconha, a faca e o simulacro utilizados no crime.