Foto: Brigada Militar/Divulgação/Ilustração

Receba as notícias de Agência GBC no WhatsApp

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) confirmou a morte do homem que, na noite de oito de setembro, foi alvo de, pelo menos, dois tiros no bairro São Luís, em Canoas.

De acordo com a Brigada Militar (BM), uma ligação pelo 190 relatou que um homem chegou baleado em um posto que fica nas margens da BR-386 após uma tentativa de roubo. Quando os policiais chegaram no local, encontraram a vítima que, não teve o nome divulgado, com tiros entre o tórax e o abdômen. Ele foi socorrido pelo SAMU e levado até o Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC).

Para os policiais, uma testemunha relatou que o veículo trafegava pela Rua Berto Círio quando dois criminosos, em uma moto, chegaram e efetuaram os disparos após anunciar que era um assalto. Nenhum dos dois, vítima e testemunha, conseguiram dar características sobre a dupla.

Segundo o delegado Robertho Peternelli, que investiga o caso, o homem não resistiu aos ferimentos após mais de 10 dias internado no HPSC. Ele ainda ressalta que nenhuma linha de investigação é descartada, entre uma tentativa de roubo e homicídio. Ele aguarda a conclusão do laudo do Instituto Geral de Perícias (IGP) para saber a quantidade de tiros disparados e ressalta que foram, no mínimo, de dois a seis.

Peternelli reforça que quem tenha informações pode repassa-las à Polícia Civil de forma anônima através do telefone: 0800 642 0121.