Foto: Gustavo Garbino/Prefeitura de Canoas

Durante a 81ª Reunião Geral da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que segue até esta sexta-feira (26), em Aracaju, capital de Sergipe, o prefeito Jairo Jorge defendeu uma mobilização para convencer o Ministério da Saúde a começar a vacinar imediatamente as crianças de 5 a 11 anos. O prefeito lembrou que estudos feitos pela Pfizer comprovaram a eficácia, a segurança e a importância da imunização de crianças e adolescentes.

Um trabalho de pesquisa, liderado pela epidemiologista Carla Domingues, que coordenou o Programa Nacional de Imunizações (PNI) por oito anos, indica que, no Brasil, a mortalidade de crianças e adolescentes por Covid-19 registra índices quatro vezes superiores ao dos Estados Unidos e oito vezes maiores do que o do Reino Unido. O estudo foi encomendado pelo Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (Conectar).

Jairo Jorge exerce a função de vice-presidente de Relações Internacionais da FNP e presidente do Conselho Fiscal do Conectar. A entidade foi criada pela FNP com o objetivo de viabilizar melhores condições para atuação de governantes e gestores municipais no enfrentamento da COVID-19.

Ainda durante o evento, o prefeito apresentou e destacou a importância dos consórcios de saúde, como o Conectar, que Canoas faz parte e permite adquirir insumos com preços menores do que se fossem adquiridos de forma individualizada. “Estamos diante de uma das grandes inovações da gestão pública, especialmente na área da saúde. Esse consórcio vai possibilitar que os municípios economizem cerca de R$ 450 milhões ao ano com a compra conjunta de insumos para a saúde. E acredito que vamos avançar ainda mais”, destacou o prefeito.

No encontro, também ficou definido que o Dia Nacional de Mobilização de Prefeitos em Brasília será em 8 de dezembro

81ª Reunião Geral da FNP

Reconhecido por ser um espaço para discussões das principais pautas municipais junto ao governo federal e Congresso Nacional, o evento reúne prefeitos e gestores de mais de 100 cidades até esta sexta-feira (26), em Aracaju-SE. Temas como saúde, transporte público, desenvolvimento econômico, emprego e renda e desafios educacionais no pós-pandemia estão sendo debatidos no encontro.