Foto: Divulgação

Receba as notícias de Agência GBC no WhatsApp

O trágico acidente aéreo da Chapecoense completa cinco anos nesta segunda-feira (29). O desastre ocorrido na Colômbia, antes da final da Copa Sul-Americana de 2016, deixou 71 mortos e famílias desamparadas – muitas delas sem qualquer indenização até hoje.

O clube relembrou em seu perfil oficial do Twitter a tragédia. “Pra sempre!”, escreveu, acompanhado de uma imagem.

O time catarinense havia garantido a classificação para a inédita decisão continental em 24 de novembro, diante do San Lorenzo, na Arena Condá. A finalíssima seria disputada contra o Atlético Nacional, da Colômbia.

Entre os jogadores da Chape que estavam no avião, apenas três sobreviveram: Jackson Follmann, Neto e Alan Ruschel. Este último é o único que conseguiu dar prosseguimento à carreira e, atualmente, defende o América Mineiro.

Confira a baixo a lista completa de vítimas e sobreviventes do acidente:

Vítimas:

Elenco da Chapecoense:

Danilo – goleiro

Gimenez – lateral

Bruno Rangel – atacante

Marcelo – zagueiro

Lucas Gomes – atacante

Sergio Manoel – meio-campista

Filipe Machado – zagueiro

Matheus Biteco – meio-campista

Cleber Santana – meio-campista

William Thiego – zagueiro

Tiaguinho – meio-campista

Josimar – meio-campista

Dener Assunção – lateral

Gil – meio-campista

Ananias – atacante

Kempes – atacante

Arthur Maia – meio-campista

Mateus Caramelo – lateral

Aílton Canela – atacante

Comissão técnica:

Caio Júnior – técnico

Eduardo de Castro Filho – auxiliar técnico

Luiz Grohs – analista de desempenho

Anderson Paixão – preparador físico

Anderson Martins – preparador de goleiros

Dr. Marcio Koury – médico

Rafael Gobbato – fisioterapeuta

Cocada – roupeiro

Sergio de Jesus – massagista

Adriano – membro da comissão

Cleberson Silva – membro da comissão

Luiz César Martins Cunha (Cesinha) – comissão técnica

Gilberto Pace Thomas – assessor de imprensa

Diretoria:

Sandro Pallaoro – presidente

Mauro Stumpf – vice-presidente de futebol

Eduardo Preuss – diretor

Chinho di Domenico – supervisor

Nilson Folle Júnior – diretor

Decio Burtet Filho – diretor

Edir de Marco – diretor

Ricardo Porto – diretor

Mauro dal Bello – diretor

Jandir Bordignon – diretor

Dávi Barela Dávi – empresário

Delfim Peixoto Filho – vice-presidente da CBF e presidente da Federação Catarinense

Imprensa:

Victorino Chermont – repórter

Rodrigo Santana Gonçalves – cinegrafista

Deva Pascovich – narrador

Lilacio Júnior – coordenador de transmissões

Paulo Julio Clement – comentarista

Mario Sergio Pontes de Paiva – ex-jogador e comentarista

Guilherme Marques – repórter

Ari de Araújo Júnior – cinegrafista

Guilherme Laars – produtor

Giovane Klein – repórter

Bruno Mauro da Silva – técnico

Djalma Araújo Neto – cinegrafista

André Podiacki – repórter

Laion Espindula – repórter

Renan Agnolin – radialista

Fernando Schardong – radialista

Edson Ebeliny – radialista

Gelson Galiotto – radialista

Douglas Dorneles – radialista

Jacir Biavatti – comentarista

Tripulação:

Miguel Quiroga – piloto

Ovar Goytia – piloto

Sisy Arias – copiloto

Romel Vacaflores – assistente de voo

Alex Quispe – auxiliar de voo

Gustavo Encina – representante da LaMia

Angel Lug – técnico da aeronave

Sobreviventes:

Alan Ruschel – lateral da Chapecoense

Jakson Follman – ex-goleiro da Chapecoense

Neto – ex-zagueiro da Chapecoense

Rafael Henzel – jornalista (faleceu em março de 2019, vítima de ataque cardíaco)

Erwin Tumiri – técnico da aeronave

Xemena Suarez – comissária de bordo