Foto: Ambiental Metrosul/Divulgação

Siga a Agência GBC no Instagram

A Ambiental Metrosul, empresa que executa a Parceria Público-Privada (PPP) da Corsan na Região Metropolitana, está mobilizando suas equipes para substituir mais de 35 mil hidrômetros nos nove municípios atendidos pela PPP. A troca é necessária nos imóveis cujos aparelhos estão com a validade de cinco anos vencida ou prestes a vencer. O serviço é realizado gratuitamente. Os clientes que permanecerem com o equipamento vencido serão notificados pela Companhia e, mesmo estando adimplentes, poderão ter o abastecimento de água suspenso.

A recomendação de que a troca seja feita a cada cinco anos, tempo de vida útil do equipamento, é do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – Inmetro, órgão certificador. A possibilidade de suspensão do abastecimento para quem permaneça com o aparelho vencido está prevista em resoluções das agências reguladoras. A suspensão será realizada após notificação do usuário e a constatação da impossibilidade de leitura do hidrômetro por dois ciclos de leitura consecutivos.

Ao todo, 35,6 mil hidrômetros devem ser substituídos até o dia 5 de maio. A troca possibilita o correto funcionamento, dando mais confiabilidade ao processo de leitura. Para saber mais informações e esclarecer dúvidas, devem ser contatados os canais de relacionamento da Corsan – telefone 0800.646.6444, app e site corsan.com.br

Conforme determina o contrato firmado junto à PPP, a Ambiental Metrosul está substituindo os aparelhos avariados, com validade vencida ou próxima de expirar. Cerca de 160 mil hidrômetros já foram trocados desde que a empresa assumiu a operação na RMPA, em dezembro de 2020.

Saiba mais

Por que trocar o hidrômetro?

Os medidores registram o consumo de água nas residências e, com o tempo, sofrem um desgaste natural que compromete o seu funcionamento. A recomendação do Inmetro é de que a troca seja feita a cada cinco anos, tempo de vida útil do equipamento. Assim, garante-se maior precisão nos registros do volume de água que é consumido pelos usuários abastecidos pela Corsan.

A substituição tem custo?

Não. É realizada gratuitamente.

Como posso identificar os profissionais que farão o serviço?

Para garantir a segurança e a transparência dos trabalhos, o cliente deve cobrar as credenciais das equipes, bem como o número do protocolo para a execução do serviço.

O que acontece com quem não trocar o equipamento?

Conforme resoluções das agências reguladoras Agesan (nº 003/2021) e da Agergs (nº 467/2018), a Corsan tem direito de suspender o abastecimento de água para quem permaneça com o aparelho vencido. A suspensão ocorrerá após notificação do usuário e a constatação da impossibilidade de leitura do hidrômetro por dois ciclos de leitura consecutivos.

O que muda para o cliente?

A substituição do hidrômetro garante uma medição mais confiável do consumo de água.