Foto: Divulgação

Siga a Agência GBC no Instagram

A Polícia Civil identificou o autor de um plano para matar alunos e professor de uma escola no Bairro Camobi, em Santa Maria. O caso aconteceu na última quarta-feira (6). O autor, um aluno de 13 anos, teria feito uma espécie de planta da escola, com a localização e sentido das dependências, entradas e saídas da escola, localização de câmeras e sala dos professores.

O plano era usar bombas, coquetel molotov e faca para promover um massacre na escola. Havia nomes dos alunos e do professor que seriam mortos. O  menor chamou sua ação de “Operadion Rache” (Operação Vingança). Rache significa vingança em alemão.

No plano escrito, havia o desenho de um símbolo do nazismo. O texto todo foi escrito em inglês. Conforme relato dos professores do aluno, este gostava da simbologia nazista. O autor disse que teria feito o plano há um mês, pois estava com raiva de alguns colegas.

“Uma tragédia pode ter sido evitada pela rápida e precisa ação da Polícia Civil, uma vez que o plano possui semelhanças com os crimes ocorridos nas escolas norte-americanas”, avalia o delegado Antônio Firmino de Freitas Neto, que coordenou a ação.