Lula lidera com 41,7%, mas Bolsonaro encosta com 37%: confira os números da Paraná Pesquisas | Agência GBC
22.9 C
Canoas
09 de dezembro de 2022

RODRIGO BECKER

Rodrigo Becker é jornalista e escreve sobre política, negócios e cidade diariamente neste espaço.

Lula lidera com 41,7%, mas Bolsonaro encosta com 37%: confira os números da Paraná Pesquisas

Levantamento indica acirramento da polarização 'Lulanaro' para presidência da República, com demais candidatos abaixo da faixa dos 10%

Deu no Metrópoles e o blog reproduz aqui, porque é da nossa conta quem vai comandar os destinos do país a partir de 1º de janeiro do ano que vem:

Levantamento divulgado pelo Instituto Paraná Pesquisas nesta quarta-feira (24/8) mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se mantém na liderança da disputa pelo Palácio do Planalto nas eleições de outubro, com 41,7% das intenções de voto. Atual presidente da República, Jair Bolsonaro (PL) está na segunda posição, com 37% das intenções.

Ciro Gomes (PDT) continua na terceira posição, com 7,3% dos votos. Candidata pelo MDB, Simone Tebet aparece com 2,7% da preferência, em quarto lugar. Os demais presidenciáveis não alcançaram 1% das intenções de voto. Outros 4,1% dos eleitores declararam não saber ou não responderam. Os votos brancos e nulos totalizam 6%.

Na pesquisa realizada pela instituição no começo de agosto, Lula tinha 41,1% das intenções, e Bolsonaro, 35,6%. A variação dos candidatos não ultrapassou a margem de erro. A análise corresponde ao cenário estimulado, ou seja, quando o entrevistador apresenta os presidenciáveis ao eleitor.

A pesquisa ouviu 2.020 pessoas, de 162 municípios brasileiros, no período entre 19 e 23 de agosto de 2022. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-03138/2022.

Comento.

Quem tem motivos para comemorar os números, por óbvio, é Bolsonaro.

Na sequência de pesquisas do instituto, a diferença entre os candidatos que polarizam a eleição encurtou em cerca de 2 pontos percentuais – dentro da margem de erro, é verdade, mas indica um ‘viés de alta’ do candidato à reeleição; é difícil medir se o resultado tem a ver com a entrevista do capitão na segunda-feira, 22, ao Jornal Nacional (estima-se que tenha sido vista por pelo menos 40 milhões de pessoas).

O fato é que, a se confirmarem os números, há segundo turno – e, com ele, a chance que Bolsonaro queria para mudar o quadro de uma eleição desenhada para a vitória de Lula.

Mais Lidas

ÚLTIMAS DE RODRIGO BECKER

CANOAS | A meada e o fio: o que a PF fazia atrás do...

Dois contratos foram alvo de operação ostensiva da PF nesta quarta: ainda ouviremos repercussões

CANOAS | União corta, Canoas sofre: campus do IFRS não tem dinheiro para pagar...

Governo Bolsonaro fez novo corte de recursos da Educação e deixa bomba no colo de gestores de unidades do Instituto Federal, como em Canoas

CANOAS | MP queria JJ preso, mas desembargador disse não: o movimento da Copa...

Blog teve acesso exclusivo ao pedido do MP que levou à busca na casa do prefeito em 23 de novembro e à manifestação prévia ao julgamento do habeas, no STJ

CANOAS | Republicanos indica novo secretário para o Desenvolvimento Econômico

Ex-vereador Marcus Vinícius Quinho assume a pasta que era de César Augusto e estava sob o comando de um interino desde meados de novembro

CANOAS | Por que decreto para uso de máscaras não saiu? O ‘dedo no...

Governo optou por 'orientar' e não 'obrigar' o uso de máscaras, além de abrir 9 unidades de saúde para atender aos finais de semana
error: Conteúdo protegido!