Quem é a entidade que assumiu a gestão do Pronto Socorro de Canoas? | Agência GBC
23.2 C
Canoas
03 de dezembro de 2022

RODRIGO BECKER

Rodrigo Becker é jornalista e escreve sobre política, negócios e cidade diariamente neste espaço.

Quem é a entidade que assumiu a gestão do Pronto Socorro de Canoas?

Nova contratada ainda não é a que fica definitivamente no comando do HSPC, mas encerra intervenção do Estado e a 'era Aceni' por lá

Após quase seis meses de intervenção do Estado, o Hospital de Pronto Socorro de Canoas, o HSPC, começa esta quarta-feira, 28, sob nova direção. Trata-se do Instituto de Administração Hospitalar e Ciências da Saúde, o IAHCS. A entidade tem sede em Porto Alegre e se dedica à formação de profissionais de gestão hospitalar de nível técnico, superior e MBA desde 1981. A entidade é a sucessora do Departamento de Cursos da Associação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Rio Grande do Sul que, desde 1975, promovia formação de profissionais na área em parceria com a PUC.

Vale lembrar: a intervenção do Estado foi autorizada pela Justiça logo após a fase ostensiva da Operação Copa Livre, em 31 de março deste ano, e que resultou no afastamento do prefeito Jairo Jorge e do secretário de Saúde Maicon Lemos, entre outros servidores e assessores. O plano, na época, era manter o serviço sem descontinuidade – mas o Estado pretendia devolver o comando do Pronto Socorro ao município tão logo fosse possível uma nova contratação emergencial para gestão. É o que acontece agora, com a IAHCS.

A entidade assume por 180 dias. O contrato prevê repasses mensais na ordem de R$ 8,4 milhões. Nesse período, o governo precisa por para rua um novo edital que vai selecionar a empresa ou entidade que irá fazer a gestão do HPSC por um período que não deve ser inferior a 5 anos. Se esse período de seis meses der certo, a IAHCS pode participar da seleção da empresa definitiva. Uma vez que trabalha com formação de profissionais na área de gestão, enfermagem e até engenharia clínica, não é difícil antecipar que o interesse da entidade seja aproveitar a estrutura do Pronto Socorro como uma ‘escola’ prática para seus cursos – o que, inclusive, é o objetivo também da nova licitação que está em andamento para escolha da gestão definitiva do Hospital Universitário, o HU.

A contratação do IAHCS também encerra a ‘Era Aceni’ no Pronto Socorro de Canoas – a sucessora da Gamp em Canoas tanto na gestão em saúde como nos escândalos em que se envolveram. A Aceni é uma das empresas investigadas pela Copa Livre e pertenceria ao grupo de empresários paulistas apontados pelo Ministério Público do RS como responsáveis por corrupção e fraude à licitações em Canoas. A denúncia sobre essa fase da investigação ainda não foi concluída, mas em conversa com o blog na segunda-feira, o promotor de Justiça Marcelo Dossena disse que será nessa denúncia que virãos as principais informações extraídas das quebras de sigilo bancário dos supostos envolvidos no esquema.

Mais Lidas

ÚLTIMAS DE RODRIGO BECKER

CANOAS | MP queria JJ preso, mas desembargador disse não: o movimento da Copa...

Blog teve acesso exclusivo ao pedido do MP que levou à busca na casa do prefeito em 23 de novembro e à manifestação prévia ao julgamento do habeas, no STJ

CANOAS | Republicanos indica novo secretário para o Desenvolvimento Econômico

Ex-vereador Marcus Vinícius Quinho assume a pasta que era de César Augusto e estava sob o comando de um interino desde meados de novembro

CANOAS | Por que decreto para uso de máscaras não saiu? O ‘dedo no...

Governo optou por 'orientar' e não 'obrigar' o uso de máscaras, além de abrir 9 unidades de saúde para atender aos finais de semana

CANOAS | Máscara é melhor que Covid e fecha-tudo: na dúvida, o seguro

Aumento de casos impõe proteção pessoal e comunitária contra a Covid-19 - com ou sem decreto

CANOAS | Nedy no PT? Não duvide do pragmatismo de Paulo Pimenta

Especulação da semana coloca Nedy de Vargas Marques no PT de Paulo Pimenta: impossível não é - e o blog explica
error: Conteúdo protegido!