17 C
Canoas
24 de junho de 2024

RODRIGO BECKER

Rodrigo Becker é jornalista e escreve sobre política, negócios e cidade diariamente neste espaço.

CANOAS | Saúde pede reunião com MP para encerrar o capítulo Funam no HU: dias contados para nova gestão assumir

Secretário Aristeu espera que, em até uma semana, promotor Rafael Russomano possa recebê-lo para apresentar o resultado da licitação definitiva sobre o hospital

A ‘era Funam’ no Hospital Universitário de Canoas, o HU, está com os dias mais contados do que nunca. Ainda sob a intervenção desde os primeiros dias de abril depois que a empresa, a Fundação Educacional Alto Médio São Francisco, Funam, se atrapalhou até para manter o papel higiênico nos banheiros por lá, o hospital está prestes a receber a gestão definitiva após o encerramento do processo licitatório. Prestes, porque ainda falta uma etapa simbólica a ser cumprida: um tête-à-tête com o Ministério Público.

Em uma conversa recente com o blog, o secretário da Saúde, Aristeu Ismailow contou que já pediu uma agenda com o promotor de Justiça Rafael Russomano Gonçalves. Ele atua na 1ª Vara Cível de Canoas e vem acompanhando a repercussão dos casos envolvendo a Saúde desde 2019, quando substituiu Marcelo Dossena, alçado a Porto Alegre e que atua nas investigações da portentosa Copa Livre. Em abril, dias após o afastamento do prefeito Jairo Jorge e logo que a Funam deu sinais de que não teria condições de gerir um hospital da magnitude do HU, Russomano deu o aval para a intervenção pedida pela Prefeitura – a primeira medida para resolver o episódio que ficou conhecido como ‘crise pediátrica’, quando médicos pararam de atender na UPA Rio Branco e não havia profissionais suficientes para manter aberta a emergência do setor no HU.

“Essa etapa de apresentar o resultado da licitação ao MP não é uma formalidade, mas achamos adequado fazer mesmo assim. O promotor Russomano tem acompanhado a situação da gestão dos hospitais e entendemos que levar a conclusão do processo licitatório até ele não prejudica em nada, ao contrário, auxilia o nosso dever”, disse Ismailow. O prefeito em exercício, Nedy de Vargas Marques, deve acompanhar o encontro.

A agenda com o promotor também indica que não houveram recursos administrativos ao resultado da licitação, já publicado do Diário Oficial do município. De acordo com os documentos, a Associação Hospitalar Beneficente do Brasil, também conhecida como AHBB|Rede Santa Casa. A entidade com sede em Lins, São Paulo, administra dois hospitais no interior paulista – um em Garças e outro em Bilac, cidade esta a 540 quilômetros da capital. O blog contou um pouquinho sobre a AHBB no post Entidade paulista larga na frente na disputa pela gestão do HU: licitação na reta final, publicado em meados de setembro.

A homologação definitiva do resultado deve ser feita após a conversa com o promotor Russomano. Só então um período de transição vai ser aberto. Como se trata de um equipamento de Saúde e retaguarda para urgências e emergências, não pode haver descontinuidade no serviço. “Como é a própria prefeitura que está no comando da intervenção, a transição deve ser muito tranquila e pode ser feita sem pressa”, adianta o secretário. As primeiras movimentações sobre a troca de comando no HU devem acontecer ainda durante o mês de novembro.

Mais Lidas

ÚLTIMAS DE RODRIGO BECKER

CANOAS | O ‘pepino’ que preocupa a cidade antes e depois do retorno de...

Licitação do transporte público é um assunto que avançou pouco ou quase nada de um ano para cá

CANOAS | Chegou chegando: as metas anunciadas por Jairo Jorge para a retomada; finanças...

Prefeito elegeu cinco prioridades que vão dominar sua agenda numa espécie de 'transição por dentro' para o que vem sendo chamado de 'quarto governo' Jairo Jorge

CANOAS | ‘Debandada’ pré-JJ: secretários deixam o governo horas antes do fim do afastamento...

Felo Uequed, Pollyana Perinazzo e Luis Davi Siqueira pediram demissão do governo nesta segunda-feira, 27

CANOAS | Não esperem anúncios bombásticos de JJ nesta terça: o maestro e o...

Expectativa de retomada do mandato está sendo encarada como a chance de um 'mergulho na gestão' por partidários de Jairo Jorge

CANOAS | Terça-feira gorda: a única certeza é que Nedy subirá as escadas do...

Como prefeito em exercício ou como vice, Nedy não abrirá mão do espaço político que as urnas lhe deram em 2020
error: Conteúdo protegido!