16.9 C
Canoas
23 de junho de 2024

Após decisão do TSE, Bolsonaro está inelegível até 2030

A pena de oito anos é contada a partir da última eleição

CLIQUE AQUI para receber as notícias no WhatsApp

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) formou maioria irreversível para tornar o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) inelegível até 2030. O julgamento segue na tarde desta sexta-feira (30), mas a condenação acontece após o voto da ministra Carmen Lúcia.

Bolsonaro era acusado de abuso de poder político. A pena de oito anos é contada a partir da última eleição.

Faltam ainda os votos de Kássio Nunes Marques e do presidente do TSE, Alexandre de Moraes.

Como votaram os ministros?

Votaram para impedir Bolsonaro de concorrer nos próximos pleitos, até agora: o relator, Benedito Gonçalves, e os ministros Floriano de Azevedo Marques, André Ramos Tavares e Cármen Lúcia. O ministro Raul Araujo divergiu, votando pela absolvição.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!