17 C
Canoas
24 de junho de 2024

POR CAUSA DE ESTUDOS: Pai é acusado de espancar filha de 8 anos até a morte

Segundo a defesa, o acusado disse que não soube controlar a raiva

CLIQUE AQUI para receber as notícias no WhatsApp

Uma criança de 8 anos morreu vítima de espancamento, na noite da última segunda-feira (11), dentro da casa em que morava, no bairro São Lourenço, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. O pai da menina, que veio do Benin, foi detido por ser suspeito do crime.

Segundo informações da Polícia Militar do estado, equipes do 12º BPM (Niterói) foram acionadas para verificar ocorrência de espancamento contra uma criança na Rua Bispo Dom João da Mata. Quando chegaram ao local, os militares encontraram profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que atestaram o óbito da garotinha.

O local foi isolado para perícia. A Polícia Civil do Rio investiga o crime, e algumas testemunhas já foram ouvidas.

Discussão por estudos

O pai da criança, Ilias Olachegoun Adeniyi Adjafo, é natural do Benin, um país da África Ocidental. Segundo o portal G1, o advogado que acompanhava o estrangeiro informou que ele matou a menina Oulatth Alyssah Rodrigues Damala, de apenas 8 anos, durante uma discussão sobre estudos e que “não soube controlar a raiva”.

O defensor disse que o pai estava chorando muito ao ser detido e se dizia “arrependido”, mas ainda não teria confessado o crime.

Ilias foi detido na Delegacia de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo.

Fonte: Metrópoles

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!