18.2 C
Canoas
21 de junho de 2024

Saque do FGTS mudou; Saiba como funciona a partir de agora e como receber

Anúncio foi feito pelo Ministério do Trabalho e Emprego

CLIQUE AQUI para receber as
notícias pelo WhatsApp

Entra em vigor nesta sexta-feira (1º) o FGTS Digital, a nova forma de recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

O FGTS Digital usa, como base de dados, o e-Social, que é o banco eletrônico de dados dos empregados. Totalmente operado pela internet, o sistema tem várias opções para gerar guias. Também vai ser responsável por todo o recolhimento mensal do FGTS e pagamento de rescisões e multas rescisórias.

A nova plataforma permite que o empregador utilize o Pix para recolher o FGTS. 

Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, o FGTS Digital vai reduzir, a partir de agora,  a burocracia, além de melhorar a confiabilidade no sistema, ao agilizar a conversão dos depósitos no saldo da conta do trabalhador.

O Serpro informa que o novo sistema integra os dados do e-Social, do Pix Caixa, do Portal Gov.br, entre outros. Ao todo, 4,5 milhões de empregadores vão usar a plataforma para administrar os dados de mais de 50 milhões de trabalhadores. Todos os meses, serão emitidas 7 milhões de guias para recolhimento do fundo.

Outras novidades do FGTS Digital são: rapidez do pagamento do FGTS em atraso, com a possibilidade de recolhimento de vários meses em uma única guia; cálculo automático da multa do FGTS, com base no histórico de remunerações do e-Social;  e recomposição automática de salários de períodos anteriores e de pagamento da indenização compensatória.

fonte: agência brasil

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!