12.8 C
Canoas
18 de julho de 2024

Mais de 430 pacientes são atendidos em menos de 48 horas no Hospital de Campanha em Canoas

O Hospital de Campanha em Canoas funciona 24 horas de segunda a segunda

Mais de 430 pacientes foram atendidos nas primeiras 48 horas de funcionamento do Hospital de Campanha em Canoas. A estrutura que foi montada ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Boqueirão, em Canoas, está recebendo pacientes com sintomas de dengue

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a estrutura impactou de forma positiva o atendimento nas UPAs. Na última sexta-feira (26), as unidades dos bairros Rio Branco e Mathias Velho registraram, respectivamente, 284 e 237 atendimentos. Já a unidade da Boqueirão atendeu 330 pacientes. 

No sábado (27), com o início da operação da nova estrutura, os números de atendimentos reduziram para 269 na UPA Rio Branco e 202 na UPA da Mathias Velho. No domingo (29), ambas registraram 230 e 163, respectivamente. Já a UPA Boqueirão, atendeu 435 pacientes, sendo 250 apenas no Hospital de Campanha. No domingo, a procura foi de 340 pacientes, 94 deles acolhidos na nova estrutura até às 18h.

Hospital de Campanha em Canoas: redução no tempo de espera 

Além disso, conforme a SMS, ao mesmo tempo que desafoga o número de atendimentos em outras unidades, a estrutura auxilia na redução do tempo de espera para o primeiro atendimento no sistema. Na última sexta (26), pacientes chegavam a aguardar mais de três horas. Já no domingo, o tempo caiu para pouco mais de uma hora. 

 “Este primeiro final de semana foi importante para entendermos alguns fluxos que precisavam ser acertados, para que o atendimento seja mais rápido e eficiente, sempre visando o melhor para os usuários. Mesmo assim, percebemos, com a alta procura, como essa estrutura era necessária e já ajudou a desafogar os demais equipamentos de saúde”, avalia o secretário municipal de Saúde, Mauro Sparta.

LEIA MAIS

Como funciona o serviço? 

O Hospital de Campanha em Canoas funciona 24 horas de segunda a segunda. A estrutura conta com três consultórios médicos, 14 salas de atendimento e observação e uma para medicação. 

No local, estão sendo acolhidos pacientes com sintomas de dengue com o objetivo de diminuir a pressão por atendimentos na UPA Boqueirão. As duas estruturas estão na região que registra o maior número de casos de dengue em Canoas. 

Segundo a prefeitura, o Hospital de Campanha funcionará por 90 dias. 

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!