Defesa Civil emite alerta de inundação severa para Canoas e região

Há previsão de mais chuva nesta semana

A Sala de Situação do Rio Grande do Sul informa nesta segunda-feira (20), sobre a atual condição hidrológica, destacando níveis acima da cota de inundação na região metropolitana, com tendência de declínio devido ao escoamento das águas do Guaíba para a Laguna dos Patos. Os rios Jacuí, Sinos e Gravataí também apresentam níveis elevados, ainda que em declínio, enquanto a região da costa doce da Laguna dos Patos enfrenta as maiores inundações da história.

Previsões indicam chuvas volumosas entre os dias 21 e 23 de maio, especialmente nas regiões mais ao norte do estado e divisa com Santa Catarina, podendo causar extravasamentos de rios menores, arroios e córregos devido à elevada intensidade das chuvas.

Os maiores volumes de chuva estão previstos para a metade sul e regiões do centro e noroeste do estado, aumentando o risco de extravasamento de rios menores e, posteriormente, elevação dos rios principais, podendo ultrapassar cotas de inundação e causar transtornos aos moradores das áreas de risco, além de alagamentos nos perímetros urbanos. As bacias mais vulneráveis são: Alto Jacuí, Vacacaí-Vacacaí Mirim, Pardo, Taquari-Antas, Caí, Mirim São Gonçalo, Camaquã, Tramandaí e Mampituba, Ijuí, Piratinim, Butuí-Icamaquã, Ibicuí e Quaraí.

Devido ao cenário extremo na Região Hidrográfica do Guaíba e na costa doce da Lagoa dos Patos, é esperada a manutenção de níveis elevados, indicando condição de inundação severa para as cidades destacadas no mapa.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!