13.5 C
Canoas
18 de julho de 2024

“O que nós queremos é casa definitiva para cada uma das famílias”, afirma Eduardo Leite

O governador participou da inauguração do primeiro Centro Humanitário de Acolhimento em Canoas

O governador Eduardo Leite participou da inauguração do primeiro Centro Humanitário de Acolhimento em Canoas na manhã desta quinta-feira (4). O local é destinado para vítimas da enchente que não conseguiram retornar para suas casas. 

““Esse é mais um passo para a gente conseguir dar atendimento digno com carinho, atenção, cuidado, para cada uma das famílias. Não é porque a gente conseguiu reduzir já de 80 mil pessoas abrigadas para 6 mil o número de pessoas abrigadas que as coisas estejam bem e que a gente possa ficar satisfeito e feliz. A gente precisa dar um atendimento digno  com atenção, carinho, para cada uma das pessoas que ainda vai precisar de abrigamento nos próximos meses”, afirma ao destacar que até então, os abrigos eram montados em estruturas improvisadas em escolas e igrejas. 

“O que nós queremos é casa definitiva para cada uma das famílias”, finaliza Leite.

O que é o Centro de Acolhimento Humanitário? 

Chamado de CHA Recomeço, o espaço irá receber famílias que perderam suas casas na enchente

A estrutura tem 126 casas modulares de 17 metros quadrados, montadas em um terreno próximo à Avenida Guilherme Schell, no bairro Industrial. No local, cerca de 630 pessoas que estavam em abrigos mantidos pela Prefeitura de Canoas.

De acordo com o Governo do Estado, além das casas modulares, o local conta com banheiros, berçário, fraldário, lavanderia coletiva, posto médico, refeitório e ambientes multiusos com espaços para crianças e animais de estimação. 

Uma empresa está disponibilizando Wi-Fi gratuito para as famílias que irão ficar no local. 

Também são oferecidos serviços como: assistência médica, social e atividades de integração. 

Policiamento 24 horas

O CHA Recomeçar contará com um posto 24 horas da Brigada Militar. 

De acordo com a Secretaria Municipal de Segurança Pública (SMSP), a estrutura tem câmeras de circuito interno de monitoramento. Elas estão conectadas ao Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). 

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!