INSEGURANÇA | Bento Gonçalves ultrapassa número de mortes de 2017

Foto: Bruno Mezzomo/ Leouve

Da redação | Jean Carlos Paida, 23 anos, foi assassinado na madrugada de domingo (16), em Bento Gonçalves. O crime ocorreu no bairro Eucaliptos por volta de 05h, quando o rapaz, natural de Chapecó (SC), foi alvo de tiros, segundo a Brigada Militar. Ele estava em prisão domiciliar desde sexta (14).

Trata-se do 35º homicídio contabilizado neste ano em Bento Gonçlaves. A morte de Jean Carlos Paida fez a cidade superar o número de assassinatos registrados durante todo o ano passado.

Para conter a onda de criminalidade, desde quarta-feira (12), policiais da equipe especializada de Patrulhas Especiais de Segurança (PATRES) do 1º Batalhão de Operações Especiais (BOE) da Capital estão na cidade auxiliando no policiamento. Essa tropa é equipada e treinada para situações de alta complexidade e elevado grau de risco.

Medida semelhante foi tomada em Caxias do Sul, após a cidade contabilizar sete mortes decorrentes de uma chacina, em um curto intervalo de tempo, no dia 02 de agosto. Na ocasião, o Comando da Brigada Militar anunciou o deslocamento imediato de 20 policiais do BOE de Porto Alegre, através da equipe da PATRES, foram enviados a Caxias do Sul para reforçar o comando da Serra.

3 comentários em “INSEGURANÇA | Bento Gonçalves ultrapassa número de mortes de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *