Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Em júri realizado na última quinta-feira (21), em Sapucaia do Sul, Márcio Adriano Baptista Ribeiro, 43 anos, foi condenado a 18 anos de reclusão pela morte da empresária Edi Santina Bonassi, 57 anos. Ele ainda recebeu uma pena de um ano e seis meses pelo furto do carro e pertences da vítima.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

O crime ocorreu em outubro de 2016. Na ocasião, Edi, dona de uma loja de roupas no bairro Sete, foi encontrada morta com pés e mãos amarrados e com um saco plástico cobrindo a cabeça.

O carro dela, um Corsa, câmeras de monitoramento e um computador foram levados do local. O veículo foi encontrado pela Brigada Militar dois dias depois, em São Leopoldo.

Ribeiro foi preso em dezembro do mesmo ano, em São Leopoldo. Ele havia se relacionado com a vítima e foi acusado pela morte dela e pelos furtos.