FOTO: Jean Monteiro/Prefeitura de Esteio

FOTO: Jean Monteiro/Prefeitura de Esteio

Da redação com informações da Prefeitura de Esteio | A Prefeitura Municipal de Esteio realizou na tarde desta quarta-feira (25), o lançamento oficial do Programa de incentivo à adoção de espaços públicos, o Adote Esteio. O intuito do programa, criado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, é que os adotantes, além de se tornar representante do local, possam realizar a manutenção e o embelezamento do mesmo. Moradores e donos de empresas da cidade poderão realizar a adoção de áreas como praças, parques e rotatórias.

O prefeito Leonardo Pascoal agradeceu aos primeiros assinantes do termo de adoção. “Estamos muito gratos pela participação de vocês nesta tarde. Isso nos mostra que os cidadãos de Esteio estão engajados em nos ajudar e contribuir para o melhor para cidade. Precisamos compartilhar as responsabilidades com as pessoas físicas ou jurídicas. Se o esteiense adota um local, o dinheiro que seria destinado para ele poderá ser destinado a outras áreas mais necessitadas” disse.

Pascoal também comentou sobre a realização de ações prioritárias e concretas para o bem da cidade em parceria com empresas e população. “Precisamos unir o poder público com a sociedade civil e a iniciativa privada para que possamos avançar rapidamente e com menos burocracia em questões como a que o programa traz. Queremos transformar Esteio em uma cidade referência na qualidade de vida. O Adote Esteio é mais um dos projetos criados que irá nos trazer isso”, finalizou o prefeito.

A titular de Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Sabrina Reis, comemorou o interesse da população em adotar as áreas públicos. “É gratificantes ver hoje a assinatura de cinco termos, de pessoas interessadas em adoção de locais da cidade. Isso nos mostra que os esteienses se identificam com a cidade e seus espaços. Agora, podemos trabalhar em conjunto para o bem maior de todos”, disse Sabrina.

Ao todo, cinco termos foram assinados, sendo dois por moradores e três por empresas e entidades. O programa já tem outros quatro interessados, que não puderam assinar os termos nesta quarta-feira, pois os representantes não puderam comparecer à solenidade.