FOTO: Eduardo Baratto Leonardi/Prefeitura de Esteio

FOTO: Eduardo Baratto Leonardi/Prefeitura de Esteio

Da redação com informações da Prefeitura de Esteio | O projeto de ampliação do quartel do Corpo de Bombeiros de Esteio vai sair do papel. O anúncio foi feito nesta terça-feira (21) e o trabalho envolve a construção de garagem para veículos de emergência, em um área de 340,7 m², e melhorias na sessão técnica, em um espaço de 181,7 m² onde será feita uma sala de aula com capacidade para 40 pessoas, para realização de treinamentos e capacitações.

A previsão de conclusão da obra é de 180 dias. No total, serão investidos R$ 800 mil na ação, com parte dos recursos proveniente do Fundo Municipal de Reequipamento do Corpo de Bombeiros (Funrebom) e projeto doado, sem custos, pela Construtora e Incorporadora Colúmbia, marcando a integração entre a corporação, a Prefeitura e a comunidade.

O prefeito Leonardo Pascoal participou da atividade e destacou a união entre diferentes setores como fator importante para a concretização do projeto. “Sabemos que existem dificuldades, mas somente com esta sinergia poderemos solucioná-las. Esta ampliação é importante para manter o efetivo em Esteio e qualificar o atendimento à população”, ressaltou. Ainda segundo Pascoal, as melhorias poderá servir, também, para trazer mais investimentos para a cidade. “A nova estrutura vai permitir mais agilidade na emissão do PPCI (Plano de Prevenção e de Proteção contra Incêndios), mostrando que Esteio tem um ambiente favorável para novos empreendimentos”, apontou o prefeito.

A qualificação do atendimento também foi destacada pelos comandantes do Corpo de Bombeiros de Esteio, Luciano Machado Morais, e do 8º Batalhão de Bombeiro Militar, Ben-Hur Pereira da Silva. “Estamos dando um passo fundamental para concretizar este importante projeto para Esteio. A ampliação nos dará um espaço qualificado para prestar nossos serviços à comunidade”, afirmou Luciano. “Um apoio como esse são importantes e gratificantes para nossa corporação. Os novos espaços contribuirão para que possamos continuar a alcançar a nossa missão, que é salvar e proteger a população”, disse Ben-Hur.