FOTO: Derli Colombo Jr./Prefeitura de Canoas

FOTO: Derli Colombo Jr./Prefeitura de Canoas

Da redação com informações da Prefeitura de Canoas | Uma das principais demandas atendidas pela Prefeitura de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, tem relação com as condições do asfalto em diferentes pontos da cidade. De olho no problema, a Secretaria Municipal de Obras, após um levantamento detalhado em todos os bairros, articulou um plano de pavimentação que prevê a recuperação de 115 quilômetros de malha viária dentro dos limites do município.

Até agora, mais de 3,5 mil toneladas de asfalto já foram utilizadas na revitalização de ruas da cidade, sendo cerca de 1,4 mil somente em Operações Tapa Buraco. O total de investimento da prefeitura gira em torno de R$ 2,5 milhões.

Nesta semana, os servidores da SMO concluíram a recuperação asfáltica da Rua Aurora, entre a Liberdade e a Farroupilha, trecho mais crítico da via. “Muita outras ruas serão revitalizadas dentro deste plano de ação, um trabalho que vai muito além de uma simples operação tapa buraco”, comenta o secretário adjunto da pasta, Robson Borges.

Qualidade e durabilidade para o canoense

Além da revitalização de algumas vias, ruas sem asfalto também devem ser contempladas neste projeto. O secretário Adalberto Schen, que acompanha de perto a execução do serviço, destaca que a preocupação da administração é a realização de uma obra de qualidade. “Esta nova pavimentação tem uma durabilidade que gira em torno de 6 a 7 anos”, salienta Schen.

A obtenção de recursos para executar todas as obras previstas no plano de recuperação está sendo feita com apoio da Secretaria Municipal de Projetos Especiais, Captação e Inovação (SMPECI). De acordo com o secretário da pasta, Dirceu Franciscon, atualmente há dois projetos em fase de elaboração. “Estamos buscando esses recursos através de repasses da União, com o Ministério das Cidades, e também com o Badesul. Os valores serão destinados principalmente para obras de pavimentação no nosso município”, explica Dirceu.