FOTO: Redes Sociais/Reprodução

Da redação | Foi identificado como Charles Alberto Gonçalves de 36 anos, o homem encontrado em chamas na última quinta-feira (14), na Rua da Barca, em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Segundo informações da Delegacia de Polícia de Homicídios de São Leopoldo, que está investigando o caso, Charles foi sequestrado dentro do próprio apartamento na Rua Aparício Brito, no bairro Feitoria.

Segundo relatos de familiares que estavam no local, cinco homens armados estavam no local. O grupo atirou, pelo menos,  nove vezes contra Charles. Depois ele foi colocado em um automóvel e o bando fugiu.

Horas depois, ele foi encontrado por moradores da Rua da Barca, em Canoas, em chamas próximo a ponte de ferro sobre o Rio do Sinos. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas quando chegou ao local, Charles já estava morto.

Conforme a polícia, a vítima tinha diversos antecedentes por crimes no Vale do Sinos e na Serra. Inicialmente, a suspeita é que a morte esteja ligada ao tráfico de drogas.