BM

Foto: Brigada Militar/ Divulgação

Da redação | O cerco aos criminosos envolvidos no ataque a carro forte, ocorrido na semana passada na BR-470 entre Bento Gonçalves e Veranópolis, segue com o emprego de equipes especiais da Brigada Militar na região. Cerca de 80 policiais de batalhões de Vacaria, Farroupilha, Caxias do Sul e do Batalhão de Operações Especiais (BOE) de Porto Alegre participam da operação. Um helicóptero da Brigada Militar presta auxílio nas buscas.

Até o momento, quatro pessoas foram presas. O último, Salomão Rodrigues Wedy, 45 anos, foi capturado no domingo, em uma casa abandonada, na localidade de Santa Tereza. Ele está recolhido no Presídio Estadual de Bento Gonçalves. Os outros três indivíduos acabaram detidos no mesmo dia do ataque.

A polícia acredita que de dois a três homens ainda estejam soltos.